Postagens
recent

A Internet é um risco para a infidelidade emocional?




Normalmente, existe uma idealização do outro numa amizade através de chat´s. A partilha de dados pessoais, e desejos, é muitas vezes mais fácil pela Internet do que cara a cara. Isto permite que se crie um intenso sentimento de intimidade entre duas pessoas que não se conhecem na realidade.
Desta forma, uma pessoa pode sentir que conhece melhor o amigo virtual do que o seu próprio parceiro. Em muitos casos existe um sentimento de liberdade para explorar outras partes de si, enquanto que na vida real (e numa relação amorosa concreta) pode existir um sentimento de sufoco. Esta sensação artificial de intimidade, aliada à parte excitante por ser um “segredo”, pode começar a consumir os pensamentos de uma pessoa.

 Cada vez mais a infidelidade emocional surge como uma ameaça real às relações amorosas. Geralmente, a infidelidade emocional tem início numa amizade, muitas vezes com colegas ou através de chat´s online que, aparentemente, são inofensivos mas que podem dar origem a uma relação mais intensa. A indefinição gradual das linhas entre a amizade e uma intimidade mais profunda pode levar a que as pessoas, mesmo estando em relações amorosas felizes, se envolvam em relações que à partida não estariam à espera.Muitas pessoas associam a infidelidade a alguém que inicia um caso de amor e/ou sexual quando já existe uma relação amorosa estável, passando a viver uma vida dupla até que seja descoberto. A infidelidade emocional é diferente e isso gera uma forte vulnerabilidade nos casais que receiam os seus efeitos prejudiciais.A melhor defesa do casal contra a infidelidade emocional é conhecê-la e, então, fortalecer a sua própria relação contra ela. No entanto, se você já viveu uma situação de infidelidade emocional, existem algumas lições que deve aprender para tornar a sua relação mais forte.

O que é a infidelidade emocional?A infidelidade emocional é uma daquelas áreas “cinzentas” nas relações amorosas. Geralmente, ocorre quando alguém que tem uma relação amorosa estável cria um profundo apego a uma pessoa por quem se sente intimamente atraído, mas sem actividade sexual. Pelo menos inicialmente. Frequentemente, nestas relações, os assuntos emocionais são o precursor para, gradualmente, surgirem os assuntos sexuais.A infidelidade, hoje em dia, tende, cada vez mais, a começar nas relações de amizade, ao invés da atracção puramente sexual. Desta forma, o prazer sexual tem sido substituído pelo coração e mente como percursores da infidelidade, tanto nos homens como nas mulheres.

Até que ponto é perigosa a infidelidade emocional?Este tipo de relações absorve bastante energia às pessoas envolvidas, uma vez que redirecciona a sua atenção para outro “mundo”. O forte sentimento de ligação e intimidade pode, ou não, evoluir para o sexo. Na verdade, a falta de sexo num caso emocional pode ser mais prejudicial do que a própria infidelidade de cariz sexual, pois existe um intenso acumular de energia sexual não consumada.

Qual é a diferença entre atracção e infidelidade emocional?Todos nós, enquanto seres vivos, somos seres sexuais. A atracção não termina quando se inicia uma relação amorosa. Mesmo nos casais mais felizes, existe a possibilidade de surgir atracção por outras pessoas. No entanto, se sentir atracção é um facto inevitável, agir sobre ela já é diferente.A atracção é um ingrediente da infidelidade emocional. Para que a atracção dê origem a uma infidelidade emocional, existe ainda a necessidade de desenvolver o sentimento de intimidade e, eventualmente, de ligação com a pessoa que substitui o seu actual parceiro. 

Por outras palavras, atracção + intimidade + ligação = infidelidade emocional. Se tirarmos um destes ingredientes teremos apenas uma relação inócua.Os três ingredientes do affair emocionalMuitas vezes a infidelidade emocional surge com o sentimento de se querer mais de alguém por quem se tem uma atracção sexual.Segundo o Dr. Shirley Glass, a infidelidade emocional é marcada por três características distintas:- Forte amizade e intimidade emocional - a infidelidade emocional muitas vezes tem início numa amizade. Enquanto que a amizade, em si só, não é significado de infidelidade, um forte sentimento de necessidade de proximidade e de compreensão partilhada, pode ser o ponto de partida para a infidelidade emocional. - A atracção sexual - a infidelidade emocional é alimentada por sentimentos de atracção entre duas pessoas.- Sigilo - é aqui que a amizade e a atracção se cruzam. Num affair emocional, cada pessoa deixa de partilhar certos aspectos com o seu parceiro, ou parceira, e começa a confiar mais no "amigo".5 sinais de alerta para a possibilidade do parceiro estar num affair emocionalNuma última análise, só você pode saber o que a sua intuição lhe diz. Aqui ficam alguns sinais de alerta que podem justificar um olhar mais atento:- Ele/ela parece distante e distraído, e quando questionado sobre isso, fica com raiva ou na defensiva.- Ele/ela de repente mudou a forma como passa o tempo: Pode começar a “fazer mais horas” no trabalho, ou passar a noite toda no computador. De repente, um novo foco começa a consumir-lhe o tempo mas quando questionado sobre isso dá poucos detalhes.- Ele/ela tornou-se mais envolvido em pagar as contas ou transferiu as contas para o escritório, assim você não tem acesso à conta do telefone, transacções bancárias, etc..- Ele/ela de repente começou a ter mais cuidado com o corpo, começou a fazer exercício físico, a comprar novas roupas, passa horas ao espelho, etc.- Ele/ela de repente perdeu o interesse sexual ou começou a teve um aumento de desejo como você já não via à séculos.



Tecnologia do Blogger.