Últimas Notícias

Presbítero Assembleiano Comete Suicídio e Edir Macedo diz que ato é sinal de possessão


Meu Deus mais um Causo 


Presbítero assembleiano comete suicídio.
Resultado de imagem para Presbítero assembleiano comete suicídio
Um presbítero da Assembleia de Deus foi encontrado morto pendurado em uma árvore do quintal de sua casa, no último domingo, 17 de dezembro. Este caso é mais um na lista de suicídios que vêm sendo registrados entre lideranças evangélicas nos últimos meses.

O caso do presbítero João Luiz Tavares, da Igreja Assembleia de Deus em Iguaba Grande, na Região dos Lagos (RJ), veio a público nesta semana através de uma notícia do portal RC24H. A morte foi anunciada uma semana após o suicídio dos pastores Júlio Cesar Silva, também da Assembleia de Deus (Ministério Madureira) e na mesma Região dos Lagos, e Ricardo Moisés, de Cornélio Procópio (PR).

Nas redes sociais, os moradores da cidade lamentaram a morte do presbítero e manifestaram pesar e perplexidade com o aumento no número de suicídios que vem ocorrendo na região nos últimos meses, assim como no meio das lideranças evangélicas.
Possessão

O bispo Edir Macedo, líder e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, publicou em formato podcast em seu blog uma das reflexões que fez em seu programa de rádio Palavra Amiga, e afirmou que “os dois cometeram suicídio simplesmente por questão de depressão”.

Afirmando não compreender o que leva um sacerdote cristão a essa atitude, questionou: “Como pode um pastor que prega a palavra de Deus cometer suicídio?”. O líder neopentecostal, então, asseverou: “Nós sabemos que quando uma pessoa comete suicídio ela estava oprimida por um espírito do inferno”.

Presbítero Assembleiano Comete Suicídio E Edir Macedo Diz Que Ato É Sinal De Possessão

Presbítero assembleiano comete suicídio e Edir Macedo diz que ato é sinal de possessão
21 de dezembro de 2017

Um presbítero da Assembleia de Deus foi encontrado morto pendurado em uma árvore do quintal de sua casa, no último domingo, 17 de dezembro. Este caso é mais um na lista de suicídios que vêm sendo registrados entre lideranças evangélicas nos últimos meses.

O caso do presbítero João Luiz Tavares, da Igreja Assembleia de Deus em Iguaba Grande, na Região dos Lagos (RJ), veio a público nesta semana através de uma notícia do portal RC24H. A morte foi anunciada uma semana após o suicídio dos pastores Júlio Cesar Silva, também da Assembleia de Deus (Ministério Madureira) e na mesma Região dos Lagos, e Ricardo Moisés, de Cornélio Procópio (PR).

Nas redes sociais, os moradores da cidade lamentaram a morte do presbítero e manifestaram pesar e perplexidade com o aumento no número de suicídios que vem ocorrendo na região nos últimos meses, assim como no meio das lideranças evangélicas.
Possessão

O bispo Edir Macedo, líder e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, publicou em formato podcast em seu blog uma das reflexões que fez em seu programa de rádio Palavra Amiga, e afirmou que “os dois cometeram suicídio simplesmente por questão de depressão”.

Afirmando não compreender o que leva um sacerdote cristão a essa atitude, questionou: “Como pode um pastor que prega a palavra de Deus cometer suicídio?”. O líder neopentecostal, então, asseverou: “Nós sabemos que quando uma pessoa comete suicídio ela estava oprimida por um espírito do inferno”.

“Não quero de forma nenhuma criticar, pelo contrário, falo com pesar”, ponderou Macedo, acrescentando que os líderes cristãos que tiraram a própria vida “com certeza não eram libertos”.

“A depressão acontece por que faltou a fé viva, faltou aquela fé inteligente”, teorizou, aproveitando para reforçar o conceito que prega reiteradamente na Universal sobre a fé.

Para Edir Macedo não resta “a menor dúvida” de que pessoas com depressão são atingidas pelo “espírito deste mundo”. “O sentimento de fé não é verdadeiro, por que não tem raiz, acaba morrendo. Então acaba acontecendo esses desastres que as pessoas não entendem”, assegurou.

O líder da Universal ainda afirmou que a depressão é “um espírito imundo e ele vai trabalhando na mente e no coração das pessoas, levando as pessoas a desistir da fé”.

“Deus não vai permitir que o verdadeiro servo dele venha a cometer o suicídio! De forma nenhuma. Não é possível que uma pessoa que tenha encontrado a vida em abundância oferecida por Jesus cometa o suicídio”.

Nenhum comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO - BLOG DESPERTAI